Operadora pretende fazer os anunciantes pagar por tráfego de dados

22/02/2016

É mais um movimento na guerra entre operadoras e provedores de anúncios móveis, como o Google
Com a ajuda de uma startup israelense chamada Shines, a operadora europeia de telefonia móvel Three está planejando bloquear o que chama de “excessiva, invasiva, não desejada ou irrelevante” quantidade de anúncios em sua rede. É mais uma batalha na guerra entre as operadoras — que argumentam que os anúncios utilizam muita largura de banda — e os grandes provedores de publicidade digital, como o Google. Dando um passo além, a Three está propondo que anunciantes e ad networks deveriam na verdade pagar taxas sobre os dados utilizados por seus anúncios. “Não achamos que os clientes deveriam pagar pelo uso de dados gerados pelos anúncios móveis”, afirmou Tom Malleschitz, CMO da Three UK. “Publicidade móvel irrelevante e excessiva irrita os clientes e afeta a experiência total com a rede.” Exatamente como a Three pretende conseguir com que os anunciantes paguem não está claro. “No curso dos próximos meses, a Three anunciará em detalhes como atingirá esses objetivos”, disse a empresa em um comunicado. Fonte: Media Post

Walmart: vendas online globais atingem US$ 13,7 bi em ano fiscal
A gigante do varejo publicou seus resultados para o último trimestre de 2015 e também para o que chama “ano fiscal 2016”. Em relação ao comércio eletrônico, a empresa teve um aumento de aproximadamente 12%, atingindo um total de US$ 13,7 bilhões, considerando o desempenho global. Para efeito de comparação, as vendas globais da Amazon no mesmo período atingiram US$ 35,4 bilhões. Nos comentários de Doug McMillon, presidente e CEO da rede, destaca-se o fato de que a empresa teria conseguido aprofundar o relacionamento digital com seus consumidores. Fonte: Business Wire
Samsung Pay faz as contas dos seus primeiros seis meses: 5 mi de usuários,US$ 500 mi em transações
Antecipando o que será apresentado na edição deste ano do Mobile World Congress, em Barcelona, a Samsung anunciou que seu serviço de pagamento móvel, Samsung Pay, já registrou mais de 5 milhões de usuários, a maioria da Coréia do Sul e dos EUA. Informou também que, nestes seis meses de funcionamento, o serviço processo mais de US$ 500 milhões de dólares. “Desde seu lançamento, no ano passado, o Samsung Pay mudou a maneira como as pessoas pagam e usam seus smartphones”, afirmou em comunicado InJon Rhee, diretor de pesquisa e desenvolvimento e EVP de comunicações móveis da Samsung. “Estamos assistindo um nível significativo de adoção pelo consumidor. Nossa meta é expandir o Samsung Pay para mais regiões de todo o mundo e nossos consumidores podem esperar mais recursos ainda este ano.”  Os planos para levar o serviço para outros mercados começa a se concretizar em março, quando o Samsung Pay será lançado na China — um mercado onde a Apple acabou de entrar. E continuará na direção da Australia, Brasil, Singapura, Espanha e Grã-Bretanha. O Canadá também está sendo considerado, embora não haja previsão para o lançamento naquele país. Fonte: Venture Beat
Vai começar a 29a. edição do Curso de Especialização da Abemd. Saiba mais e inscreva-se ou inscreva profissionais de sua equipe

Uma resposta to “Operadora pretende fazer os anunciantes pagar por tráfego de dados”

  1. […] Fonte: Operadora pretende fazer os anunciantes pagar por tráfego de dados […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: