Adesão de PMEs ao digital acelera crescimento da publicidade local, afirma analista

18/01/2016

Retail Holiday Sales Increase 3 Percent

No final do ano, varejo americano cresceu 3% em relação ao ano anterior. Confira abaixo

Setor também começa a usar mais as mídias sociais com ferramenta de geração de leads

Este ano, pela primeira vez, a publicidade online local está a caminho de ultrapassar o total de mídias analógicas nos EUA. Essa é a previsão da Borrell Associates, que acredita que o digital vai abocanhar metade dos dólares de publicidade local em 2016. O crescimento deverá ser de 36,9% – taxa maior do que em 2015: 34,9%.  Essa adesão ao digital deverá fazer com que a publicidade local cresça mais rápido do que muitos analistas acreditam, afirma a consultoria. “A maioria das pessoas coloca-o em um dígito”, disse Gordon Borrell, CEO da Borrel Associates, na quinta (14). “Nós estamos dizendo que é 16,4%.” Na direção das previsões da Borrell, pesquisas mostrram que aproximadamente 60% das médias e pequenas empresas planejam aumentar a publicidade digital neste ano. Além disso, um número maior de PMEs estão se voltando para as mídias sociais como uma ferramenta de geração de leads, informou Borrel. Fonte: Media Daily News

Publicidade digital nos EUA: valor investido em display vai ultrapassar o de buscas em 2016
Em 2016, nos EUA, o gasto em anúncios display eclipsará o gasto em buscas pela primeira vez. Combinadas, as categorias de vídeo, patrocínio, rich media e “banners e outros” será responsável pela maior fatia do investimento em publicidade digital: 47,9%, ou US$ 32,17 bi. Dentro de “display”, os anunciantes investirão mais em “banners e outros”, uma categoria que inclui muitos tipos de anúncios nativos e anúncios nas redes sociais. No todo, um em cada cinco dólares colocados em digital em 2016 irá para “banners e outros”. Video também será responsável por uma grande fatia do investimento em publicidade digital em 2016: 14,3% (em 2015, foi 12,8%).  Fonte: eMarketer

NRF: vendas do varejo subiram 3% na desafiadora temporada de fim de ano

Os vendas no varejo nos EUA subiram 3% e atingiram US$ 626,1 bi, informou na sexta  (15) a National Retail Federation. Mas não foi fácil: os varejistas tiveram que lidar uma temperatura excepcionalmente quente, altos estoques e outros desafios econômicos. “Apesar desses fatores, a indústria reanimou-se, os consumidores reagiram e as vendas crescem em uma taxa saudável, que é um grande testemunho da robustez, do conhecimento e da expertise de nossas lideranças do varejo”, comentou Matthew Shay, presidente e CEO da NRF. A federação havia feito antes uma previsão de um aumento de 3,7%, mas considerou o crescimento sólido e que demonstra a importância do varejo na recuperação da economia norteamericana. Fonte: National Retail Federation

Notas publicadas originalmente no Portal Abemd

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: