GM investe em concorrente da Uber e sinaliza mudança de modelo de negócio

14/01/2016

Montadora estaria visualizando um futuro onde o seu principal negócio não seja vender carros, mas prestar serviçosA General Motors está investindo US$ 500 milhões na Lyft, como parte de uma parceria estratégia mais ampla que inclui um programa de aluguel para os motoristas de serviço de compartilhamento de automóveis e a criação de rede de carros autônomos sob demanda. A mudança sinaliza uma nova visão da empresa que estaria estudando mudar o seu principal negócio até hoje – venda de carros – para um mais orientado a serviços. “A indústria automobilística vai mudar mais nos próximos cinco anos do que mudou nos 50 anteriores”, disse o presidente da GM, Dan Amman. A parceria marca também a decisão da Lyft de operar carros sem motoristas no futuro. A Uber já está destinando recursos significativos em pesquisas nessa área, mas a Lyft parece haver decidido terceirizar essa tecnologia para a GM. Essa também é a estratégia do Google, que lidera a tecnologia em direção autônoma, que tem conversado com várias montadoras, principalmente a Ford. Fonte: Re/Code

MediaCom vai usar webcam para medir reações emocionais a anúncios em vídeo
A agência do Grupo WPP fez uma parceria global com Realeyes para incorporar tecnologia de mensuração de emoções em seus testes de conteúdo e planejamento de mídia. A plataforma Realeyes mede como os consumidores reagem ao conteúdo de vídeo via webcam. Ela será integrada no hub de conteúdo da MediaCom, dando a produtores e planejadores a capacidade de analisar as respostas emocionais nos três estágios da publicidade em vídeo: testando a criação, plajejando o gasto de mídia e medindo o desempenho. Palle Finderup Diederichsen, diretor da MediaCom, comentou: “ferramentas como a Realeyes oferece informação comportamental nas fases iniciais, permitindo que mensuremos e otimizamos o conteúdo antes do lançamento. Isso nos capacita a produzir e distribuir os vídeos de forma mais eficaz, com mensagens mais impactantes e mais benefícios de negócio para nossos clientes.” Fonte: Brand Republic 

Banda larga móvel está em expansão no Chile
A quantidade de conexões móveis no Chile parece ter atingido um platô, mas os usuários ainda estão migrando para conexões de banda larga mais rápidas, segundo dados publicados pela Subsecretaria de Telecomunicaciones – Chile. Aproximadamente metade da população do país tinha uma conexão móvel 3G na metade do ano passado, quando se verificou uma acentuada migração para conexões 4G. Em 2014, havia meio milhão de assinaturas 4G no Chile, mas em junho de 2015 a quantidade já era de 1,1 milhão – o número de conexões de banda larga móvel no mesmo período cresceu de 9 milhões para 9,4, o que atesta a migração. Fonte: eMarketer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: