A semana que passou: Google Drive, Blackberry, classificados do Facebook…

20/12/2015

 

Blackberry aposta em teclados físicos nos seus novos smartphones. Confira abaixo

O Google anunciou na quinta, 17/12, que vai dedicar um milhão de dólares a pesquisas independentes sobre segurança de dados. O objetivo é claro: garantir que nos sintamos seguros e confortáveis em hospedar nossos dados nas suas propriedade – principalmente, no Google Drive, uma aposta firme da gigante da Internet.

 

A empresa tem atualmente “in-house” mais de 500 especialistas em segurança, mas acredita que pesquisadores independentes podem fornecer um olhar diferente e assim descobrir brechas em sua estrutura. A explicação oficial foi fornecida em um post no blog do Drive: “Nosso programa de subvenção à pesquisa é uma maneira de obter a contribuição de pesquisadores independentes à segurança de dados do Google. Somos gratos por seus esforços para manter o Google Drive a salvo, portanto no próximo ano vamos dedicar US$ 1.000.000 para financiar ainda mais pesquisas independentes. Ao mesmo tempo, continuaremos a oferecer até US$ 20.000 para qualquer pessoa que encontre e relate um tema qualificado. O resultado final desses esforços contínuos é um produto que seja cada vez melhor.”

No mesmo dia, a  Blackberry anunciou que está de volta. Segundo a empresa, o lançamento do novo smartphone, PRIV, foi um sucesso. Além disso, houve a conquista de 2.713 novos clientes corporativos. Os dois fatos seriam a explicação dos bons resultados no terceiro trimestre de 2015 – a receita cresceu 14% em relação ao segundo trimestre. Um detalhe interessante nessa “volta” é a aposta em teclados físicos, recurso não mais encontrado nem nos produtos da Apple nem das demais principais marcas.

O Facebook está “nos estágios iniciais dos testes de uma maneira para as pessoas encontrarem mais facilmente as Páginas dos serviços nos quais estão interessados”. A bem da verdade, o que está sendo anunciado como novo não é muito diferente das “velhas” páginas amarelas. Confira aqui.

Uma informação interessante tem a ver com a Internet das Coisas. Segundo uma pesquisa da Zebra Technologies, 96% dos varejistas físicos pretendem trazer essas tecnologias para suas operações e a razão principal é porque acreditam que a IoT pode oferecer um relacionamento mais próximo com os consumidores. Pesa também a oportunidade de obter melhores análises da base e rastrear e monitorar estoque e ativos.

 

Fonte:  Techcrunch, Google, Direct Marketing News, Social Media Examiner, Facebook, IoT Hub

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: