Star Wars: a força está com a Target? E outras questões

16/12/2015

Rede de varejo está patrocinando evento ao vivo e grátis para ligar sua marca á franquia
Para a Target, o lançamento de “Star Wars: O Despertar da Força” agora em 1’17112 é uma fantástica oportunidade de pegar carona em um público fanático e excitado. Por isso, o varejista resolveu não ser convencional e fez algumas ações interessantes. Primeiro, lançou a campanha “Share the Force”, que estimulava os fãs a contar suas memórias associadas com a série. E agora está realizando, em Los Angeles, o evento “Target and Star Wars Galactic Experience”. Ao vivo, grátis e cheio de atrações, o evento deve ligar a marca fortemente à franquia de ficção científica. Fonte: Media Post Marketing Daily

Prime Now é a grande aposta da Amazon em 2016, afirma executiva da empresa
Um ano atrás, a Amazon lançou Prime Now, um serviço que oferece um catálogo selecionado de produtos disponíveis para entrega em uma ou duas horas, com o objetivo declarado de derrubar as barreiras entre o gigante de ecommerce e varejistas físicos.. Ele foi lançado inicialmente em Nova York (Manhattan, para ser mais preciso) e já está em mais de 20 cidades americanas — mais cidades deverão ter o Prime Now no próximo ano. Apesar da conhecida reticência da empresa em contar os seus planos para o futuro, é possível deduzir que o serviço é a grande aposta da Amazon para 2016 pelas palavras de sua gerente geral,  Stephenie Landry, em recente entrevista. Ela disse que “quando vemos algo que os consumidores ama, definitivamente queremos expandi-lo tão rápido quanto possível”. A própria presença de Landry indica a importãncia do projeto: antes da posição atual, ela era a principal conselheira de Jeff Wilke, o poderoso chefe do negócio de varejo da Amazon nos EUA e provável sucessor de Jeff Bezos como CEO da empresa. Fonte: Re/Code

Como usuários na AL se sentem sobre anúncios em vídeos digitais?
A visualização de vídeos digitais é robusto nos seis principais mercados da América Latina —Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Mexico e Peru — com cerca de 121,8 milhões de usuários de videos digitais. No entanto, um estudo de setembro de 2015, feito por IMS Group e comScore, revelou que muitos consumidores não são exatamente fãs dos anúncios nesses vídeos. Na verdade, 67% dos usuários disseram que pulam os anúncios quando possível. Além disso, mais de metade disse que assistiriam mais vídeos digitais se não viesse com anúncios. Fonte: eMarketer
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: