iRing: Apple pensa em um anel inteligente? E novidades da &THEN

08/10/2015

Imagem retirada do pedido de patente

Dispositivos atuais podem se tornar “complicados, inconvenientes ou ineficientes” para determinadas tarefas, explicou a empresa

Aparentemente, a Apple não para de inovar. Poucos meses depois do lançamento do Apple Watch e a empresa já tem novidades: solicitou a patente de um anel inteligente que inclui tela, receptor sem fio e fonte de força recarregável, e funcionará ligado a outro dispositivo. O anel poderá ser controlado por comandos de voz e algumas versões incluem um sensor biométrico para transmitir dados pessoas como, por exemplo, o batimento cardíaco. A empresa disse que solicitou a patente porque acredita que os dispositivos atuais podem se tornar “complicados, inconvenientes ou ineficientes” para determinadas tarefas. Segundo o pedido da patente, “há uma necessidade de dispositivos eletrônicos com métodos mais rápidos, mais eficientes e interfaces para interagir e/ou controlar dispositivos eletrônicos externos”. Fonte: Smart Company

Time da NBA descobriu um segredo para deixar seus fãs mais felizes: tecnologia

O Golden State Warriors, time de basquete de Oakland, California, está decidido a melhorar a experiência dos seus fãs. E para isso está usando tecnologias em doses maciças e inteligentes. Entre as medidas, está aceitando Apple Pay, instalou sensores no estádio para que os fãs recebam mensagens dos jogadores em seus smartphones e uma instalação com Instagram que apresenta imagens e vídeos publicados pelos fãs nas mídias sociais. O time também está usando um aplicativo da VenueNext que permite aos fãs pedir bebidas direto dos seus assentos. “Você que assumir riscos e experimentar coisas novas”, disse Kenny Laure, vice-presidente de digital e marketing dos Warriors. Fonte: Venture Beat

DMA &THEN: Você só tem cinco segundos para mudar, alerta especialista em motivação

Um dos pontos altos da Conferência foi a palestra de Mel Robbins. Ex-advogada que abandonou a carreira para montar e vender uma empresa de tecnologia de varejo eletrônico, Mel desenvolve programas para clientes como Johnson&Johnson, AG Edwards, Bear Stearns e Partners Healthcare. Sua palestra no TEDx, “How To Stop Screwing Yourself Over”, teve mais de 3 milhões de views e seu livro, “Stop Saying You’re Fine”, virou bestseller e já foi traduzido em quatro línguas. Na &THEN, ela abordou um tema caro aos participantes: a mudança necessária que o profissional de marketing precisa empreender, tanto em sua cabeça como em seu comportamento. As possibilidades de mudança são numerosas, disse ela, mas a janela de oportunidade, uma vez que a ocasião se apresente, é muito curta: 5 segundos antes que nosso cérebro racional (e medroso) retome as rédeas, freando a mudança, freando a inovação. A palestra como um todo foi um convite à ação imediata e espontânea. Sob pena, alertou ela, de desaparecermos caso hesitemos. Fonte: eMarketing

DMA &THEN: Executivo da IBM levou audiência para um tour com Watson, a tecnologia que entende o consumidor como indivíduo

“Algo está acontecendo aqui, e não apenas com a tecnologia, mas com a inteligência artificial”, declarou Jon Iwata, Chief Marketing & Communications Officer da IBM, na palestra que fez durante a conferência da DM, nesta segunda, 5/10. “Não se trata de homem vs. máquina, mas de homem com máquina, na medida em que os avanços em inteligência artificial permite processar dados não estruturados que eram invisíveis para os computadores até agora.” Uma das principais iniciativas lideradas por Iwata é a promoção de Watson, a tecnologia inovadora que está levando a cognição e a inteligência artificial para inúmeras indústrias. Watson ficou famoso depois que venceu o popular programa de TV “Jeopardy” em 2011 e agora está programado para analisar inflexões de voz, interações entre seres humanos e outras formas de aprendizagem em um modo totalmente diferente do que dava aos robôs o conhecimento até então. “Watson aprende através de treinamento e interação e da ingestão permanente de dados”, declarou ele. Um dos exemplos está na oncologia, uma área crucial na indústria da saúde, na qual são gerados tantos dados que é impossível para humanos efetivamente rastreá-los e processá-los todos. Iwata contou que um oncologista precisaria ler 160 horas por semana para poder talvez acompanhar os avanços nesse campo. No entanto, em média, os oncologias leem as atualizações médicas cinco horas por semana. Watson foi submetido a um treinamento por oncologistas e depois de processar quantidades maciças de dados sobre a disciplina é capaz de recomendar ações e fazer diagnósticos baseado nesse treinamento, ajudando significativamente os médicos em suas recomendações de tratamento. “Se você está em uma indústria que passa por tanta mudança assim, você vai precisar de sistemas como esse”, disse Iwata. Segundo ele, Watson logo terá 50 recursos diferentes para analisar dados não estruturados. Fonte: The-DMA

DMA &THEN: Líderes globais do Marketing Diálogo fizeram reunião para discutir experiências e expectativas

A diretoria da Global Direct Marketing Association aproveitou o fato de que os presidentes das associações que são membros da entidade iriam estar em Boston para participar da Conferência da DMA, &THEN, e agendou a realização de seu encontro anual para o sábado que antecedeu a abertura do evento. Segundo Efraim Kapulski, presidente da ABEMD, foi um dia bem cheio – e muito produtivo. A ponto de haver invadido parte da noite (a previsão era que a reunião terminasse às 17 horas). Os líderes presentes discutiram basicamente os desafios comuns à atividade e também compartilharam as experiência de cada um dos seus países em relação a legislação, inclusive envolvendo a polêmica área da privacidade, autorregulamentação, governança corporativa e o crescimento da indústria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: