Estudo comprova: personalização gera engajamento e conversões, BK vs McD, Siri do FB…

28/08/2015

Confira abaixo a troca de afagos entre Burger King e McDonald’s

Conteúdo personalizado gerar também interações mais relevantes

O relatório “Brand Attraction from Enriched Content”, publicado pelo CMO Council em junho de 2015, mostrou que as altas taxas de resposta e engajamento são a principal razão para o uso de conteúdo personalizado. Foi o único benefício citado por mais de metade dos profissionais sênior de todo o mundo, ouvido pela pesquisa patrocinada pela IBM Digital Experience. Mas há outros que vale a pena citar: pouco menos de metade dos entrevistados disseram que usam conteúdo personalizado para gerar interações mais relevantes, inclusive em relação ao timing. E mais de dois em cada cinco dos profissionais concordaram que o conteúdo personalizado converteu mais clientes. Fonte: eMarketer

Burger King fez proposta de paz ao McDonald’s – e a resposta foi um “não”

A rede Burger King tem um histórico de truques publicitários. Em 1998, lançou um “whopper” para canhotos – era 1º de abril. Em 2007, criou o “Whopper Freakouts”, em que filmava clientes sendo informados que o principal item tinha sido retirado do menu. E nesta quarta, 26/8, publicou um anúncio de página inteira, convidando o McDonald’s para um trégua e convidando o arquirrival a se juntar a eles na criação de um novo sanduíche, o “McWhopper”. A ideia era “fazer o mundo falar” sobre o movimento Peace One Day, que está tentando transformar o dia 21 de setembro em um Dia da Paz oficial – as duas redes venderiam o McWhopper naquele dia. Mas o McDonald’s não gostou muito da ideia e seu CEO, Steve Easterbrook, publicou um post mal-humorado no Facebook, recusando a “trégua”, sugerindo que a história era de “mau gosto” e que, da próxima vez, “um telefonema seria suficiente”. Aparentemente, a batalha foi ganha pelo BK, pois reação dos consumidores no Facebook e no Twitter foram bem negativas em relação à resposta do McD. Fontes: The Wall Street Journal/CMO Today, Business Insider

Siri do Facebook está em testes, informou VP da empresa

O Facebook já tem um assistente pessoal móvel – similar ao Siri, da Apple – e ele vai funcionar dentro do Messenger. Chama-se M e foi anunciado por David Marcus, vice presidente of messaging products, apropriadamente em um post da própria rede social. De acordo com Marcus, M pode realizar tarefas como recomendar um bom restaurante nas imediações e compras itens. Especulações nesse sentido haviam surgido no mês passado, quando foram publicados boatos de que o Messenger sairia com um assistente voltado às compras. Nesses boatos, o nome do serviço seria Moneypenny, como a assistente do 007. O anúncio não diz quando M estará disponível para o público em geral. Fonte: Social Times

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: