Publicidade está perdendo bilhões com bloqueadores de anúncios. E outros alertas

17/08/2015

Estudo da Adobe mostra que uso de bloqueadores cresce e começa a afetar a receita com anúncios digitais e de busca

A Adobe Systems e a PageFair publicaram na semana passada um estudo onde foi analisado o crescimento – 41% – dos softwares bloqueadores de anúncios no primeiro semestre de 2015 em comparação com o mesmo período de 2014. E as consequências são graves: as perdas de receitas foram estimadas em US$ 21,8 bilhões este ano e de US$ 41,4 bilhões em 2016. Isso provavelmente explica o crescimento mais lento do que o esperado da receita de anúncios display no Bing, Google e Yahoo. E também em buscas, apesar de se poder argumentar que os anunciantes pagam apenas pelos anúncios que são clicados. Mas o estudo levou em consideração que esses anunciantes gastam centenas de milhões de dólares com a criação e otimização de anúncios que nunca são vistos pelos seus públicos-alvo. Fonte: MediaPost/Search Daily

Pesquisa: penetração do online banking na AL é alta, principalmente no Brasil e na Venezuela

As transações bancárias online na América Latina, segundo estudo da comScore, são realizadas por um terço da população com 15 anos ou mais. Mas a penetração varia dramaticamente de país para país. O país com taxas mais baixas é o México – 15,1%. A Venezuela está na outra ponta – 54,7% – sendo o único país da região no qual uma maioria de usuários da Internet são também usuários de online banking. Em termos absolutos, como não poderia deixar de ser, a liderança é exercida pelo Brasil – 26,2 milhões de usuários e mais de metade de todas as transações bancárias conduzidas digitalmente em 2014. De acordo com outro estudo, da Economist Intelligence Unit, a America Latina está entre as regiões mais lentas do mundo a adotar o online banking. Os executivos ouvidos afirmaram que seus clientes preferem usar as agências e ATMs para fazer as transações, em vez de usarem PCs e dispositivos móveis. Mas de dois terços dos clientes latinoamericanos, em 2014, usaram o atendimento pessoal enquanto que na America do Norte apenas 40% usaram esse formato de atendimento, preferindo ser atendidos online. Fonte: eMarketer

Samsung lança serviço similar ao Periscope

A Samsung lançou dois novos celulares de tela grande, Galaxy S6 Edge Plus e Galaxy Note 5, juntamente com um conjunto de serviços que aproveitam suas características. Um deles é o Live Broadcast, serviço de vídeo similar ao Periscope, através do qual o usuário usa a câmera para gravar um vídeo e transmiti-lo ao vivo para outro celular, tablet ou computador. A transmissão pode ser feita para um indivíduo, um grupo de contatos ou ser público, através do YouTube Live – destinatários serão notificados com um link do YouTube. Um detalhe interessante: há um delay de 7 segundos no vídeo para o caso de usuário filmar alguma coisa que não quer transmitir e assim poder editar. Fonte: Venture Beat

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: