A semana que passou: oficializada associação de empresas de fidelização, AT&T+NSA, e mais

16/08/2015

Roberto Medeiros, da Multiplus e da ABEMF

As cinco maiores empresas do mercado de fidelização do Brasil – Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints e Smiles – criaram a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF). A associação será representada por Roberto Medeiros, da Multiplus, no cargo de diretor presidente; Roberto Chade, da Dotz, como vice-presidente; além dos diretores Leonel Andrade, da Smiles; Emerson Moreira, do Grupo LTM e Carlos Formigari, da Netpoints.

[Minha opinião? Um erro estratégico. Os interesses das empresas seriam mais bem representados por uma associação mais ampla, com mais representatividade e respeitada por sua história, como a Abemd, por exemplo. Esse formato anunciado, por mais respeitáveis que sejam seus diretores, e por mais peso que tenha a soma de seus faturamentos, encontrará sérias resistências frente aos poderes constituídos. Cobrem-me depois sobre essa opinião.]

Novos documentos provaram que a AT&T colaborou em vasta escala com a agência nacional de segurança dos Estados Unidos, ajudando o governo americano a espionar milhões de pessoas. Sempre se desconfiou que as operadoras ajudavam a governo em seu esforço de espionagem interna, mas agora o documento trouxe evidências concretas.

O modelo da Uber continua a dar o que falar. Na semana passada, cinco motoristas registrados pela empresa em Hong Kong foram presos por dirigirem sem licença e também sem seguro. Além disso, dois dos escritórios da empresa na cidade foram invadidos pela polícia e três funcionários foram detidos.

No mundo das mídias sociais, a principal notícia foi a extinção do limite dos 140 caracteres no Twitter. Bem, não ainda nos tweets, a mudança é restrita às mensagens diretas, mas o microblogging está em ebulição, tendo recentemente enriquecido seus feeds com a possibilidade de incluir comentários, fotos, vídeos, links, vines, gifs e emojis. E precisa avançar mesmo, pois ainda não conseguiu sair do vermelho.

Fonte: Baguete.com.br, The New York Times, TechCrunch, Social Media Examiner, Twitter/Blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: