McDonald’s abre novo tipo de restaurante em Nova York — e outras novidades

08/08/2015

McDonald's new futureA rede começa a mostrar que não está disposta a abrir mão da liderança sem luta

Todos sabem: o rei do fast food já viu dias melhores. A concorrência de redes “fast-casual” como Shake Shack e Chipotle está ameaçando aquilo que já foi um trono indisputável. Mas o que vocês talvez não saibam (embora não seja difícil de prever) é que a rede não está parada. E um sinal de que está se movendo em direção ao futuro apareceu em Nova York. O McDonald’s acaba de relançar seu restaurante na 58 com Terceira, ou seja, em um ponto nobre da cidade. A loja tem decoração moderna, atendentes que levam os pedidos à mesa e, principalmente, opera com quiosques “Create Your Taste”, através dos quais você pode montar seus próprios sanduíches. O sabor também vem sendo destacado pelos clientes. Fonte: Business Insider/ Retail

Ogilvy faz parceria com HundredX para usar dados em tempo real

A Ogilvy & Mather North America uniu-se à HundredX, que oferece soluções de ativação, em um acordo que dá à agência acesso a dados em tempo real para campanhas, aplicativos móveis e websites. A parceria ajudará a Ogilvy a construir mensagens mais precisas para seus clients. “Nós queremos mostrar a eles o valor desses dados no aperfeiçoamento do planejamento e na entrega de experiências de marca em todo os pontos de contato com o consumidor – produto, atendimento ao consumidor, comunicação e mais”, afirmou John Seifert, Chairman e CEO da agência. Fonte: Adweek

Facilidade de uso é principal motivo para instalação de apps de compras entre jovens

Uma pesquisa de março de 2015, feita pela Pixlee, descobriu que 47% dos usuários de smartphones nos EUA com idades entre 13 e 30 anos já baixaram apps de compras. Mulheres mais do que homens: 49% x 44%. Entre as pessoas de 23 a 30 anos, a incidência é maior: dois terços já baixaram apps. A pesquisa descobriu também que a atividade é crescente porque os apps são mais fáceis de usar do que os sites mobile – embora ainda haja muita reclamação sobre a dificuldade de usar tanto uns quanto os outros, o que aponta para uma grande oportunidade de apps com designs melhores. Uma surpresa: embora essa geração seja conhecida como “caçadores de barganhas”, buscar descontos e preços mais baixos foi a razão principal de uso dos apps para apenas um quarto dos entrevistados. Fonte: eMarketer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: