Dunkin’ Donuts migrou seu programa para mobile. Quais os riscos dessa decisão? E outras questões

16/06/2015

A Amazon está ampliando o estoque do programa Prime, graças ao envio direto dos fornecedores. Saiba mais abaixo

Mobile está devorando o mundo, afirma CMO da Dunkin’ Donuts

A Dunkin’ Donuts transformou seu programa de fidelidade tradicional, do tipo papel e web, em um baseado exclusivamente em mobile. O resultado foi um renovado DD Perks Rewards, que é focado em somas as experiências móveis e dentro das lojas. A razão principal da mudança foi fornecer uma experiência do consumidor mais rápida e perfeita e também ser capaz de premiar de uma forma mais efetiva. Desde o relançamento, cerca de 11 milhões de pessoas baixaram o aplicativo e 3 milhões foram convertidos em participantes do programa. De acordo com o CMO da empresa, John Costello, “a decisão de mudar para um programa mobilecêntrico é porque o mundo está mudando rapidamente e os dispositivos móveis estão evoluindo de simples smartphones para um controle remoto de sua vida”. Segundo ele, “foi um grande risco investir milhões de dólares para desenvolver um app móvel de primeira classe, que é a base do programa”. Mas ele acredita que valeu a pena, considerando que os objetivos são de longo prazo e os resultados já estão aparecendo. Fonte: Advertising Age

Quando o mobile marketing irá além do básico em mensuração?

Segundo estimativas da eMarketer, as verbas de publicidade móvel nos EUA crescerão 50% este ano e representarão 49% da verba de digital – US$ 28,72 bilhões. As exigências voltam-se agora para o campo da mensuração. No entanto, uma pesquisa da Econsultancy/Adobe mostra que esse ainda é um ponto fraco: apenas 51% mediram o engajamento do usuário e o ROI dos esforços em mobile. E quando se trata de monitorar os usuários e os resultados em múltiplas telas, o problema fica maior: menos de três em cada dez empresas usaram monitoramento multicanal. O resultado é óbvio: limitado entendimento dos consumidores em dispositivos móveis. Cerca de dois terços das empresas disseram saber a proporção de tráfego via dispositivos móveis e sete em cada dez sabem quais dispositivos foram usados. Mas o conhecimento não vai muito além disso. Apenas metade dos entrevistados entendem como mobile se encaixa na jornada do consumidor dos diversos dispositivos e canais, e apenas 35% podem seguir os consumidores através dos vários dispositivos depois que fazem log in. Um percentual similar entende como tablets e smartphones são usados pelos consumidores e isso pode afetar a capacidade de segmentar personalizar. Ir além do básico, alerta o estudo, pode gerar uma significativa vantagem competitiva. Fonte: eMarketer

Amazon começa a fazer entregas direto dos fornecedores para os consumidores

A Amazon começou um programa que pode aumentar dramaticamente o número de itens que os participantes do Prime podem receber em dois dias. A novidade é que esses itens poderão ser despachados diretamente dos armazéns dos fornecedores para a casa dos consumidores. Até agora, esses fornecedores tinham que enviar os produtos para o estoque da Amazon antes que eles se tornassem disponíveis para os participantes do Prime.  Esse programa que custa 99 dólares/ano e garante entregas ilimitadas tornou-se crucial para o crescimento de vendas da Amazon, com os participantes do Prime gastando duas vezes mais do que os não participantes. O aumento do número de itens elegíveis para o Prime pode atrair mais consumidores para o programa e convencer os atuais participantes a renovar. Fonte: The Wall Street Journal

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: