Estudo: Facebook não é destino escolhido pelos CEOs. E outras surpresas

19/05/2015

Mais uma do Google. Leia abaixo

Principais executivos das maiores corporações estão usando mídias sociais mais do que nunca, mas o Facebook parece estar fora do radar deles

Um novo estudo da Weber Shandwick descobriu que os CEOs das 50 empresas mais lucrativas do mundo estão usando Twitter e LinkedIn mais do que usavam dois anos atrás, mas abandonaram o Facebook completamente. 10% desses CEOs estão no Twitter – era 2% em 2012. E o LinkedIn é a rede mais popular entre eles, com 22% dos CEOs na plataforma – era apenas 6% em 2012. Por outro lado, nenhum deles tem uma página ativa no Facebook – era 10% em 2012. Leslie Gaines-Ross, chief reputation strategist, da Weber Shandwick disse esperar que esse número cresça no futuro (não dá para ficar menor, aliás). “Dois ou três anos atrás, havia a ideia de que os CEOs tinham que estar em todas as plataformas para poder fazer direito seu trabalho”, explicou ela porque acredita nesse crescimento. “Agora, eu acho que eles estão identificando que plataforma realmente funciona para eles…” Fonte: Re/code

Google vai incluir botão “comprar” em resultados de busca móvel

Segundo o Wall Street Journal, em um  movimento que pode significar um desafio para o Amazon e o eBay, o Google vai incuir um botão “comprar” em alguns dos resultados de busca móvel. Mas o botão vai funcionar de forma diferente dos anúncios pagos que aparecem nos resultados de busca do Google: clicar no botão “comprar” não vai levar os compradores aos websites dos varejistas para completar a compra. Em vez disso, vai levá-los a uma página do Google onde eles podem customizar seus pedidos e suas preferências de entrega – os produtos, de qualquer forma, serão vendidos pelos varejistas, que pagarão ao gigante de buscas através do sistema de publicidade que já existe. Também diferentemente do Amazon e do eBay, o Google não planeja oferecer os produtos por um preço mais baixo. Fonte: The Christian Science Monitor

Continua a explosão mundial dos Chief Digital Officers

O papel do chief digital officer (CDO) emergiu ao longo da transformação digital e as empresas estão abrindo espaço para a posição. Em um relatório publicado agora em maio de 2015, o CDO Club estima que o número de CDOs em todo o mundo dobrará entre 2014 e 2015, passando de cerca de 1.000 para 2.000. Isso é mais de quatro vezes o número de 488 registrados em 2013, e quase 800% mais do que em 2012, quando haviam 225. A análise descobriu também que esse crescimento é mundial. Enquanto a os CDOs nas empresas da América do Norte representavam 88% do total mundial em 2013, essa fatia caiu para 68% no ano passado, devido principalmente ao grande crescimento do cargo na Europa, que expandiu a sua proporção de 7% para 23%. A região Asia-Pacifico cresceu levemente, de 4% para 6% dos CDOs globais, enquanto India e Oriente Médio subiu de 1% para  2% e a América Latina entrou em campo com os 1% remanescentes. Os CDOs eram mais comuns na indústria da publicidade – 36% do total no ano passado. Mídia, editoras, entidades sem fins lucrativos e varejo completam a relação dos “top Five”. Embora nas outras indústrias, as fatias são menores, tudo indica que o papel do CDO não está limitado a um pequeno grupo de setores. Fonte: eMarketer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: