Nordstrom é a Amazon das lojas de departamentos? E outras questões

18/05/2015

Varejista está investindo forte em tecnologia, armazéns e expansão de novos negócios – mas o segredo é o foco no cliente

Segundo Phil Wahba, da Fortune, a Nordstrom e a Amazon.com têm muito mais em comum do que sua cidade natal, Seattle. Assim como a Amazon, a Nordstrom tem investido muito em tecnologia, armazéns e expansão de novos negócios. Como a Amazon, as vendas têm crescido rapidamente — enquanto seu lucro encolhe. A receita global da luxuosa loja de departamentos aumentou 9,8% — US$ 3,12 bilhões no trimestre encerrado em maio 2. As vendas comparáveis, ou seja, excluindo lojas recentemente abertas ou fechadas, subiu 4,4% em relação ao período do ano passado, o índice mais forte do mercado. “Nossa estratégia está diretamente focada em servir os clientes em seus termos e entregar o elevado nível de serviço que eles esperam de nós”, disse Blake Nordstrom, um dos três irmãos que são presidentes da empresa, em teleconferência com investidores. Parece estar funcionando. A Nordstrom agora tem 20% de syas vendas via e-commerce, bem à frente dos 12% do e-commerce na Macy’s e comparável à Neiman Marcus, que tem uma vantagem natural graças ao legado do seu negócio de catálogos. Dois anos atrás, a Nordstrom tinha apenas 13% das vendas online. O objetivo da empresa é chegar em 2020 com US$ 20 bilhões em vendas globais – lojas físicas mais online — 50% a mais que em 2014. Para chegar lá, a loja de departamento planeja gastar 4,3 bilhões dólares entre agora e 2019, ou cerca de 5% das vendas. Fonte: Fortune

No Brasil, mobile continua a aumentar sua fatia nas transações de ecommerce

Os dispositivos móveis são responsáveis por uma parte crescente das transações de comércio eletrônico no Brasil, de acordo com dados da Criteo, empresa de retargeting. Um estudo das transações entre a base de usuários da Criteo descobriu que, no 4º trimestre de 2014, 10,1% tinha ocorrido via dispositivo móvel. No 1º trimestre de 2015, essa participação subiu para 12,2%. A Criteo espera que a participação das transações via celular suba para 20% no último trimestre de 2015. A maioria dessas operações estão acontecendo em smartphones, em vez de tablets – cerca de dois terços das transações de mCommerce foram via smartphones, segundo os dados da Criteo. A eMarketer estima que a população de compradores digitais no Brasil chegará a 38 milhões este ano, um aumento de 9,7%, atingindo 23,7% da população, ou 41% dos usuários de internet no país. Fonte: eMarketer

A real Internet das Coisas: aparelhos com HomeKit Apple estarão nas lojas em junho

Dispositivos domésticos com opção de controle construídos com HomeKit Apple estarão nas lojas no próximo mês, informou a empresa. A plataforma HomeKit é parte do sistema operacional móvel iOS 8 da Apple e fornece softwares para fabricantes de abridores de portas de garagem, interruptores de luz e outros dispositivos de casa, que poderão ser controlados com um iPhone ou iPad. “O HomeKit está disponível há apenas alguns meses e já temos dezenas de parceiros que se comprometeram a trazer acessórios HomeKit para o mercado, com os primeiros chegando no próximo mês,” disseTrudy Muller, porta-voz da Apple, em comunicado à imprensa. A IDevices disse que no quarto trimestre vai começar a vender um interruptor compatível com o HomeKit para controlar as portas, luzes e outros produtos. “Estamos testando o software, e ele funciona muito bem”, disse Chris Allen, diretor executivo da iDevices na quinta-feira, 14/5. Fonte: Bloomberg

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: