Nestlé muda nome do chocolate KitKat para YouTube Break. E mais

14/05/2015

Have a break, have a YouTube Break. Nestlé has changed the name of its Kit Kat to YouTube BreakEm contrapartida, o Google usou o nome KitKat em uma das recentes atualizações do Android

É temporário, claro. E é, sem dúvida, uma brilhante jogada de marketing. A Nestlé inglesa resolveu aproveitar a oportunidade do canal de vídeo online estar fazendo 10 anos ao mesmo tempo em que a popular marca de chocolate faz 80 anos e lançou uma edição especial como parte da campanha “Celebrate the breakers break”. São 600 mil barras nas quais o logo do KitKat foi substituído pela expressão YouTube Break. É o primeiro redesenho da marca na história do produto e aparece, coincidentemente ou não, depois do Google tem usado KitKat como o nome de uma das atualizações do Android. Fonte: Food Manufacture

Pesquisa: maioria de B2Bs não automatiza caixas de saída. Mas deviam!

Empresas que atuam em Business-to-business (B2B) têm trabalho a fazer no campo automação de emails, é o que aponta pesquisa de março de 2015 feito pelo Spear Marketing Group Lança. Executivos americanos de marketing B2B pesquisas relataram que usam gatilhos em menos de 25% de suas campanhas de email, limitando-as a responder automaticamente às ações do destinatário, tais como visitas ao site ou registros de eventos.  Apenas cerca de um quarto disse que mais de metade das campanhas de email realizados em um mês típico foram automatizadas. Os entrevistados também confessam não estar atingindo seus prospects com a frequência desejada. Cerca de três em cada 10 disseram que seus prospects atuais receberam email de suas empresas uma vez por mês ou menos. De acordo com a Spear, “a melhor prática dita que uma freqüência de pelo menos um e-mail por mês é o mínimo necessário para manter algum nível de consciência de marca”.  Outro problema é com a resposta às ligações recebidas: 40,5% dos entrevistados não utilizam resposta automática, o que significa que os prospects não estão recebendo a atenção imediata que demandam. Fonte: eMarketer

The New York Times, NBC News e outras empresas jornalísticas vão começar a postar artigos diretamente no Facebook

A iniciativa do Facebook chama-se “Instant Articles” e The New York Times, Buzzfeed, National Geographic e NBC News são as nove empresas jornalísticas que já assinaram com o Facebook para fazer parte do projeto. Segundo o acordo, essas empresas passarão a publicar histórias diretammente no feed de notícias da rede social. O Facebook disse que “Instant Articles” carregará 10 vezes mais rápido em dispositivos móveis do que os browsers padrão de web móvel. “Fundamentalmente,” afirmou Chris Cox, Chief Product Officer do Facebok, “trata-se de uma ferramenta que capacita os editors a oferecer uma experiência melhor no Facebook para seus leitores.” Fonte: Reuters

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: