Deus é uma força de marketing? E outras questões

14/04/2015

Ilustração: Michael Waraksa

Pesquisa mostra conexão entre referências divinas e propensão ao risco

Deus é frequentemente retratado como um pai benevolente, ou uma força protetora. Mas outra imagem surge agora: uma força de marketing.  Uma nova pesquisa, realizada por três professores da Stanford Graduate School of Business e publicada na revista da Association for Psychological Science, em fevereiro último, mostrou que quando os consumidores são apresentados ao conceito do divino, mesmo que de forma improvisada ou em um anúncio nas mídias sociais, isso pode levá-los a assumir mais riscos. Como tentar um novo produto ou uma nova experiência, mesmo correndo um pouco de perigo. A idéia de Deus “faz as pessoas se sentem seguros ou protegidos”, disse Kristin Laurin, professora assistente de comportamento organizacional e co-autora do estudo. “A palavra em si é suficiente para colocar a ideia na parte de trás da mente – e fazer as pessoas se sentirem que menos vulneráveis ​​aos perigos.” Na pesquisa, os 136 sujeitos do estudo foram divididos em dois grupos. Metade dos participantes foram convidados a ler um parágrafo a respeito de Deus tirado de Wikipedia. A outra metade lia um parágrafo sobre um tema não relacionado com Deus, ou seja, os planetas. Aqueles que tinha lido sobre Deus mostraram-se mais propensos a se arriscar: 95,5 %, em comparação com 84,3% dos que leram sobre planetas. Fonte: The New York Times

Há marcas em que o Twitter é quase inteiramente spam, afirma estudo

O problema do Twitter com spam é mais grave do que se pensava, descobriu um novo estudo da Networked Insights e Fast Company. No geral, 9,3% das mensagens do Twitter são compostas de spam. Mas a situação é ainda pior quando isolamos as mensagens para as marcas. De acordo com o relatório, grande parte das conversas de muitas marcas em torno de seus nomes, termos e hashtags não são reais. E alguns casos são alarmantes. A Rite Aid teve 95% de menções vindas de spam.  Visa (81%) e MasterCard (76%) não ficaram muito atrás. Outras marcas com spam em massa incluem Ulta (75%), American Eagle Outfitters (73%) e Fisher-Price (70%). A maior razão dessa avalanche de Spam (especialmente naquelas marcas com mais de 75%) é a incapacidade de controlar com precisão os níveis de sentimento. Quando toda a conversa é spam, encontrar a voz real do cliente pode ser difícil, conclui o estudo. Fonte: MarketingLand

Millennials são impacientes e exigem vídeos de alta qualidade, diz estudo

De acordo com um estudo online com 750 norte-americanos adultos com idades entre 26 a 34 realizada em fevereiro de 2015 pela Trendera, os jovens da geração millennials não encontram vídeos, os vídeos encontram os millennials – quase 4 em cada 10 disseram ver os vídeos que foram recomendados para eles, 37% assinam determinados canais para que seus conteúdos favoritos venha até eles quando disponível, 36% confiam em tendências online para saber o que ver, e pouco mais de 3 em cada 10 pesquisou o que seus amigos nas redes sociais compartilharam. Outra descoberta do estudo: é melhor que os serviços de vídeo  ofereça uma experiência de qualidade – 75% dos entrevistados disseram que só suportam más experiências de vídeo digital durante 4 minutos ou menos. E quanto a experiência oferecida por um site de vídeo ou aplicativo mais tempo os millennials ficam neles. Fonte: eMarketer

A festa do Prêmio ABEMD 2015 já tem data marcada! O maior evento do Marketing Direto = Marketing Diálogo nacional acontece na noite do dia 02 de junho, terça-feira, no HSBC Brasil, em São Paulo, ocasião em que receberão troféus ouro, prata e bronze, os cases vencedores. Além deles, serão revelados os premiados como Agência do Ano, Criação, Melhor dos Melhores e Hall of Fame. Anote na agenda: 02/06/15, a partir das 18h30, HSBC Brasil (R. Bragança Paulista, 1.281 Chácara Santo Antônio – SP). Reserve seu lugar através do e-mail premio@abemd.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: