A semana que passou: Chery antecipa planos de nacionalização, Nestlé, Petrobrás, etc.

15/12/2014

Fábrica da Chery em JacareíToda moeda tem dois lados? Prova disso é que a alta do dólar levou a Chery do Brasil a antecipar seu programa de nacionalização de peças e a apressar um projeto de criação de um parque de fornecedores ao lado da fábrica inaugurada em Jacareí (SP) em agosto. Antes previsto para o fim de 2016 ou 2017, o polo industrial da Chery deve estar pronto antes desse prazo, disse o vice-presidente da empresa, Luis Curi.

Outra boa notícia. A Nestlé Brasil anunciou que vai lançar a pedra fundamental da primeira fábrica de cápsulas de café a ser instalada fora da Europa, na próxima quinta-feira, 18, em Montes Claros (MG). A nova unidade terá tecnologia exclusiva para a produção de cápsulas de bebidas, possibilitando um importante avanço para o mercado brasileiro de cafés. Na ocasião vão estar presentes o CEO da Nestlé SA, Paul Bulcke; o presidente da Nestlé Brasil, Juan Carlos Marroquín; e do vice-presidente executivo para a Zona Américas, Laurent Freixe.

E a Petrobrás não é só escândalos. A empresa anunciou a produção de 2,746 milhões de barris por dia de petróleo e gás natural no terceiro trimestre deste ano, alta de 8,9% em relação a igual período do ano anterior, quando foram produzidos 2,522 milhões de barris por dia. Em comparação ao trimestre imediatamente anterior, a produção (2,6 milhões de b/d) cresceu 6%.

Além disso, a companhia informou que a receita com vendas atingiu R$ 88,378 bilhões. Este resultado representa um novo recorde histórico da companhia, superando em 7,4% os R$ 82,298 bilhões acumulados no segundo trimestre deste ano. É, também, 13,7% maior do que os R$ 77,700 bilhões acumulados entre julho e setembro. A média das projeções de sete casas consultadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado (Bradesco Corretora, Itaú BBA, JPMorgan, Morgan Stanley, Santander, UBS e Votorantim Corretora) indicava que a receita do trimestre seria de R$ 85,823 bilhões.

No campo das mídias sociais, a bola volta ao campo do Facebook, que anunciou novas ferramentas para editores: Interest Targeting, que permite a publicação para nichos específicos entre as pessoas que curtem uma página, Post End Date, que permite aos administradores determina dia e hora em que um post deve parar de aparecer nos Newsfeeds, e Smart Publishing, que identifica e publica posts mais populares.

Fontes: Exame, Social Media Examiner, Facebook Media

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: