McDonald’s vai mudar a imagem? Como vai o engajamento com video no Brasil? E mais

23/10/2014

McDonald’s acredita que precisa mudar sua imagem

O McDonald’s relatou uma queda de 3,3% nas vendas dos seus restaurantes norte-americanos e um declínio geral de lucro da ordem de 30% no terceiro trimestre. Em uma “call conference” com investidores, realizada na quinta passada, 16/10, o CEO da empresa, Don Thompson, disse que a “volta por cima“ da empresa depende dela enfrentar a questão da imagem errônea do público sobre os aspectos saudáveis, frescos e íntegros de seus alimentos. O McDonald’s também tem planos para dar aos clientes mais opções de personalização e conceder aos restaurantes mais liberdade para servir itens regionais populares. Fonte: Zona de Desconforto

Anúncios em vídeo digital no Brasil: audiência alta, engajamento baixo

O Brasil tem a maior população de telespectadores de vídeo digital na América Latina, de acordo com a comScore Video Metrix, o que não é surpreendente considerando que o país é significativamente maior do que os outros da região. A penetração é também a mais alta. No entanto, isso não se traduz em altos níveis de engajamento com os vídeos de publicidade. A comScore informou que, em junho, mais de 91% dos usuários de Internet no Brasil com mais de 15 anos de idade assistiram vídeos em casa ou no trabalho. Isso representa uma audiência de vídeo digital de cerca de 65 milhões – mais de três vezes a do México. Mas dados da Adform sobre o desempenho dos anúncios em vídeo em sua plataforma, com base em 210 bilhões de impressões de todo o mundo, colocou o Brasil na última posição em relação aos países estudados em termos de desempenho. Os usuários no Brasil passam menos tempo interagindo com os vídeos do que em qualquer outro lugar, e o tempo médio que passam assistindo os vídeos também foi baixo. Mesmo a porcentagem de impressões foi menor no Brasil do que em qualquer outro lugar. Fonte: eMarketer (via Portal Abemd)

Whirlpool usa aplicativo mobile para coletar dados sobre lançamento revolucionário

A Whirlpool, fabricante de eletrodomésticos que tem a marca Brastemp no Brasil, lançou em julho, em parceria com a Procter&Gamble, um novo conceito de máquina de lavar. O produto chama-se Swash e promete limpar e tirar os amassados em excessos em termos de lavagem e secagem. Ideal, portanto, para peças mais delicadas. Veja como funciona neste vídeo: http://youtu.be/2FtduHeg1Ck

A fabricante agora está na fase de recolher e analisar dados sobre como as máquinas estão sendo exibidas e vendidas nas lojas. O objetivo, claro, é medir o sucesso dos esforços para educar o consumidor. “Fizemos um investimento bem razoável em marketing dentro das lojas, pois queríamos boa visibilidade em todos os pontos de venda”, disse Corey Moles, gerente de negócios sênior da Whirlpool, a respeito do lançamento do Swash. A empresa está usando a versão enterprise do aplicativo mobile Gigwalk para monitorar o que está realmente acontecendo com o Swash no varejo, incluindo as lojas Best Buy. “Nossos promotores até já estiveram em lojas Best Buy, mas não conseguíamos ter essa visibilidade antes”, disse Moles. “Eu posso literalmente ver onde cada produto está exposto em cada loja”.

Fonte: AdvertisingAge (via Portal Abemd)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: