Segunda tela não é exatamente o que estávamos pensando. E outras questões

07/10/2014

Segunda tela durante programas de TV – não é o que pensávamos

A atenção do consumidor está cada vez mais fragmentada e, como resultado, a televisão torna-se apenas mais uma das várias telas que competem por essa atenção. Leia mais em Zona de Desconforto

“Love it? Buy it!” BuzzFeed está entrando com tudo no ecommerce

BuzzFeed é um site de notícias que foi criado em 2006 e, graças a listas e questionários sobre assuntos leves, ganhou uma audiência cativa de milhões de usuários. Recentemente, o site passou a oferecer um jornalismo mais sério. Comercialmente, o site vendia para os anunciantes sua capacidade de criar conteúdo “viral”. E agora pretende também ajudar os anunciantes a vender produtos. O BuzzFeed estreou na semana passada um novo modelo de post patrocinado que apresenta um botão para comprar. O primeiro anunciante é a L’Oreal EUA. O post “11 Vintage Hairstyles Anyone Can Pull Off”, patrocinado pela linha Makeup.com da L’Oreal, apresenta GIFs animados, links de tutoriais e ilustrações Makeup.com de diferentes tipos de penteados para as mulheres tentar. Abaixo de cada GIF ou ilustração vai um botão azul que diz: “Amou? Compre!”. E que direciona os leitores para uma página da L’Oreal, onde podem comprar o produto usado para construir cada penteado em particular. Como os anunciantes questionam se o conteúdo patrocinado realmente funciona, o formato de e-commerce pode ajudar o BuzzFeed a quantificar melhor o impacto comercial do conteúdo patrocinado. Fonte: WallStreetJournal/CMO Today

Yahoo adquire MessageMe e pode estar comprando SnapChat

Imagem: Kevork Djansezian/Getty Images

O Yahoo, aparentemente, está aproveitando o dinheiro da venda de uma parcela de sua participação no Grupo Alibaba para apostar naquilo que ele acredita que vai ser o grande próximo fenômeno Internet. Segundo fontes do blog Deal Book, a empresa tem mantido conversações para investir no Snapchat – um aplicativo popular que permite às pessoas compartilhar fotos e mensagens que se autodestroem. O negócio ainda não foi fechado, disseram as mesmas fontes. Reforçando essas informações, a empresa anunciou na sexta passada, 3/10, a aquisição do aplicativo de mensagens móveis MessageMe, um serviço similar ao WhatsApp que já ultrapassou 10 milhões de usuários, por US$ 11,9 milhões. Fontes: TheNewYorkTimes/DealBook, TechCrunch

Leia outras notícias do mercado de Marketing Direto/Diálogo no Portal Abemd

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: