A semana que passou: duas HPs? Brasil bate recorde na rede. E mais

05/10/2014

Segundo o Wall Street Journal, a Hewlett-Packard planeja se dividir em duas empresas. A divisão seria feita no próximo ano, através de uma distribuição de ações livre de impostos a acionistas, de acordo com a matéria. Formas de reestruturar a empresa para acompanhar as as empresas de tecnologia que têm surgido vem sendo discutidas há vários anos pelos diretores da HP. Muitos investidores e analistas têm pedido uma cisão da empresa, ou a venda do negócio de computadores pessoais, de forma que a HP possa se focar nas operações mais rentáveis, como fornecer servidores de computador, rede e armazenamento de dados para as empresas. Uma porta-voz da companhia se recusou a comentar a reportagem.

Com o caixa pressionado e um vultoso programa de investimentos, a Petrobrás busca formas de reduzir custos para retomar a disciplina financeira. Uma alternativa encontrada pela companhia é intensificar a venda de materiais e equipamentos em desuso, incluindo desde disjuntores, lâmpadas, utensílios de cozinha, sucatas e carros até embarcações antigas. De janeiro a agosto, a estatal ampliou em 60% o volume de produtos colocados em leilão na comparação com o último ano.

Com o tema eleições em alta, o Brasil tornou-se destaque mundial nas interações do público. Froam 240 milhões de comentários, likes e shares no Facebook, superando o recorde que era da Índia. E esses resultados das mídias sociais tiveram como consequência a valorização da segunda tela. O Twitter realizou com a Band Rio o primeiro debate 100% integrado à plataforma, com perguntas ao vivo a candidatos a governador. E o debate da Globo com presidenciáveis bateu marcas nas redes, sinalizando o potencial do engajamento.

A TIM contratou o banco de investimento do Bradesco para analisar uma oferta para compra da rival Oi, segundo a Reuters. A Telecom Italia, controladora da TIM, usaria sua subsidiária como um veículo para adicionar toda ou parte dos ativos da Oi em uma eventual compra, disse a fonte, que pediu para não ser identificada porque a questão é confidencial. TIM e Bradesco não comentaram.

No campo das mídias sociais, o destaque vai para o lançamento do primeiro aplicativo do SlideShare para iOS. De acordo com um post, publicado no blog do LinkedIn, “trata-se de entregar o conteúdo profissional personalizado que você quer quando você precisa dele através de uma bela experiência de visualização”.

Fontes: Wall Street Journal, Exame, Meio&Mensagem, Social Media Examiner, LinkedIn Blog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: