Taxas de conversão de ecommerces, BuzzFeed levanta US$50 mi, e mais

13/08/2014

Nova marca de lojas da Nordstrom oferece parte do lucro a entidades sem fins lucrativos. Leia abaixo

Pesquisa: taxas de conversão por categorias de varejo eletrônico

Qual a melhor maneira de competir com mega varejistas como Amazon e Walmart? Alguns especialistas sugerem o uso de estratégias de nicho – focar muito estreitamente um tipo de produto específico e atender melhor o público dele. Mas as pesquisas realizadas para o MarketingSherpa Ecommerce Benchmark Study mostra que essa estratégia tem furos. A taxa de conversão média para empresas que vendem apenas um produto foi de 16,3%, enquanto os vendedores de várias categorias de produtos tiveram uma maior taxa de conversão – 17,2%. Em alguns casos, porém, a estratégia funciona, como mostram os números dessas seis categorias: produtos eletrônicos – 24,1%; serviços B2B – 22,8%; publishing, mídia e entretenimento – 22,4%; softwares e jogos de vídeo de computador – 19,5%; serviços financeiros e seguros – 18,3%; material de escritório e papelaria – 18,3%. Você pode acessar um gráfico que mostra as taxas de conversão para 25 categorias de varejo emwww.pinterest.com/pin/279575089342923121/Fonte: MarketingSherpa

BuzzFeed levanta US$ 50 milhões e planeja distribuir conteúdo

O BuzzFeed, site que cresceu com listas e quizzes e passou à cobertura de notícias internacionais, recebeu um investimento de 50 milhões de dólares do fundo de capital de risco Andreessen Horowitz. Com isso, o negócio passa a ser avaliado em cerca de US$ 850 milhões, de acordo com o New York Times. Os planos da empresa incluem a centralização dos serviços de conteúdo de marca que oferece aos anunciantes em um novo grupo semelhante a uma agência chamado BuzzFeed Creative, que combina 60 criativos digitais com 40 produtores de vídeo, segundo a empresa. O BuzzFeed está apostando que “social advertising” vai se tornar uma parte essencial não só da estratégia como dos investimentos de muitos anunciantes. A empresa também está começando uma iniciativa chamada BuzzFeed Distributed, que criará conteúdo para Snapchat, Vine, Instagram e outras plataformas, onde os retornos imediatos em termos de receita ou tráfego será baixo na melhor das hipóteses, mas para onde o BuzzFeed quer estender a sua marca. Fonte: AdvertisingAge

Nordstrom lança marca “do bem”

A Nordstrom, rede de lojas de varejo de moda e conhecida pela alta qualidade da experiência do consumidor que proporciona, anunciou nesta segunda-feira, 11/8, que está lançando pela primeira vez uma marca própria que vai dar 5% de seus ganhos para a Girls Inc. e outras entidades sem fins lucrativos que buscam capacitar mulheres e jovens garotas. O movimento ocorre em meio à crescente popularidade da tendência de “give-back”, com empresas com a Warby Parker, varejo eletrônico de óculos, e a Toms, de sapatos, oferecendo parte de seus lucros para causas nobres. A marca chama-se Treasure&Bond, o mesmo nome de uma boutique de caridade que a Nordstrom abriu no bairro de SoHo, Nova York, em 2011. Fonte: SeattleTimes

As notícias acima foram publicadas originalmente no Portal Abemd

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: