Pinguins de suéter contra vazamentos de óleo, videomonitoramento 50% mais barato, e mais

10/08/2014

ONG usa suéteres para proteger pinguins de vazamentos de óleo

A solução dos suéteres foi testada pela primeira vez em 1998.Pinguins vestindo suéteres coloridos. A cena pode parecer brincadeira, mas a medida é séria. Essa foi uma das estratégias encontradas pela ONG australiana Penguin Foundation, para proteger e reabilitar pinguins atingidos por derramamentos de óleo. De acordo com a organização, quando o óleo dos vazamentos adere à pele desses pequenos animais, eles se tornam incapazes de se aquecer naturalmente. Assim, os pequenos casacos de lã ajudam a manter o calor natural. Ao mesmo tempo em que as frestas deixam o corpo respirar, evitam hipotermia e hipertermia. Há mais de 30 anos, pesquisadores têm estudado estratégias que ajudem a recuperar pinguins afetados por vazamentos de óleo. A solução dos suéteres foi testada pela primeira vez em 1998 e deu certo. Desde então, a técnica tem sido aprimorada.No Centro de Reabilitação de Philip Island, na Austrália, os casacos são costurados à mão e recebidos a partir de doações. Quando os modelos não são do tamanho ideal ou estão inapropriados para o uso, a ONG aproveita as roupinhas para vestir pinguins de pelúcia, que são vendidos para arrecadar verba para outros projetos. Fonte: CicloVivo

Software de videomonitoramento gratuito reduz custo em até 50%

O software gratuito para visualização de câmeras de videomonitoramento Axis Camera Companion (ACC), da Axis Communications, permite uma economia de até 50% no custo total da solução em comparação com um sistema analógico com a mesma quantidade de câmeras. A combinação de câmeras digitais com o software ACC é indicada para que pequenas e médias empresas que necessitam de um sistema de monitoramento simples. A redução significativa no custo é possível porque o ACC torna desnecessária a compra de um servidor para armazenar e compartilhar imagens. Um projeto em uma pequena empresa que deseja implantar em suas instalações cinco câmeras digitais do modelo AXIS M1013, por exemplo, teria um valor total sugerido ao varejo de aproximadamente US$ 1.000. Isso representa metade de um sistema analógico equivalente com um servidor. A substituição de câmeras analógicas por câmeras IP é uma tendência mundial que afeta o mercado de pequenas e médias empresas em alguns países. Para o proprietário do King’s Subs & Pizza’s, um pequeno restaurante em Massachusetts, EUA, era necessário obter um sistema de vigilância com qualidade de resolução, flexibilidade e facilidade de uso sem um investimento elevado. Ele optou por uma configuração de rede IP com cinco câmeras AXIS M10, com qualidade HDTV em pontos estratégicos de suas dependências, e complementou o projeto com o software ACC, que permite gravar e transmitir imagens nas próprias câmeras via cartão SD, bem como um servidor de acesso remoto em tempo real, mesmo a partir de seu smartphone. Desta forma, o restaurante tem um sistema de controle que funciona 24 horas por dia, mostrando as interações com os clientes e supervisionando as operações de negócios, tais como operações de registro de dinheiro, controle de estoque e manuseio de produtos na cozinha. O acesso ao sistema é simples porque é pela Internet, não importa onde o usuário está para ver as imagens ao vivo ou gravadas. O usuário pode rever os clipes de vídeo gravados e exportar vídeos com qualidade HDTV ou snapshots.Caso haja necessidade de um número maior de câmeras, o ACC é escalável e expansível até um máximo de 16 câmeras. Além disso, permite adicionar novas câmeras para o sistema sem gerar custos adicionais ou necessidade de mais equipamentos. Fonte: Fundamento RP

CEO do ONVIF palestra em seminário da Axis

O ONVIF é um fórum aberto da indústria para o desenvolvimento de um padrão global para a interface de produtos de segurança física baseados em IP, que conta com o apoio da maioria dos grandes fabricantes de produtos de vídeo IP do mundo. A Axis Communications, empresa global criadora da câmera IP e líder em videomonitoramento, traz para o Brasil o CEO do ONVIF, Per Björkdahl, uma das maiores referências em padronização tecnológica para o mercado de videovigilância. Em sua primeira visita à América do Sul, o especialista dará uma palestra no Seminário A&E, evento promovido pela Axis como parte do seu Programa de Arquitetura e Engenharia, no dia 12 de agosto, em São Paulo (SP). Para Carlos Eduardo Machado, gerente do programa A&E da Axis e coordenador do seminário, a participação do representante do Fórum trará informações atualizadas sobre as novas tecnologias e padrões estabelecidos para o setor. O evento será realizado das 9 às 16 horas, na sede da Axis, Rua Mário Amaral, 172, cj. 131, São Paulo. Fonte: Fundamento RP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: