A semana que passou: Ben&Jerry’s vem aí, AzulxGol, Santander+Bonsucesso, e mais

03/08/2014

Até 2015, o crescimento das vendas no ecommerce B2C deve ficar em dois dígitos. Depois, seguirá em patamares menores

O Santander andou enrolado politicamente, mas em termos estritamente de negócios avançou no campo do crédito consignado, ao fazer uma joint venture com o Banco Bonsucesso e criarem o Bonsucesso Consignado. O novo banco – 60% do Santander, 40% do Bonsucesso – contará com um investimento inicial de 600 milhões de reais.

Os gulosos estão de parabéns. A fabricante de sorvetes americana Ben & Jerry’s, da anglo-holandesa Unilever, que atua em mais de 30 países, com cerca de 600 lojas, vai abrir sua primeira loja no Brasil na última semana de setembro, na rua Oscar Freire, em São Paulo.

A Azul vai começar a operar uma linha entre São Paulo e Fort Lauderdale, Flórida. O fundador da empresa, David Neeleman, anunciou que a empresa vai operar com uma tarifa “muito inferior” a US$ 1.000 pelo trajeto de ida e volta. Ou seja, vai bater de frente com a GOL.  Um voo para Miami nessa empresa, para a primeira semana de outubro, tem tarifa mínima de US$ 1.079.

De acordo com um estudo publicado pela eMarketer, o Brasil lidera com folga o movimento do ecommerce B2C na America Latina. O total das vendas na região por esse canal este ano deverá atingir US$ 62,56 bilhões – o Brasil participará com US$ 23,25 bilhões.

Quem está se movimentando são as concessionárias de rodovias. A Serviços e Tecnologia de Pagamentos, que tem entre seus negócios o Sem Parar, está procurando um sócio estratégico para expandir suas operações, substituindo dessa forma a EcoRodovias, que no início deste ano vendeu sua participação de 11,41% na STP por 292,12 milhões de reais.

No campo das mídias sociais, o Facebook volta a mostrar as garras. Segundo o site TechCrunch, nos próximos dias, a rede vai parar de enviar mensagens pelos apps do iPhone e Andriod, obrigando os usuários a baixarem seu Messenger for Mobile.

Já o Flickr anunciou aperfeiçoamentos no seu sistema de licenciamento de conteúdo. O site de imagens pretende atuar ainda mais fortemente como curadores, prometendo a agências de fotografia, editores, blogueiros, etc., assistência, mais alcance e conectividade.

Fontes: Exame, eMarketer, Social Media Examiner, TechCrunch, Flickr Blog

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: