Hashtags funcionam? Quem é Xiaomi? US$ 2bi para Amazon India? E outras questões

31/07/2014

Até o visual do Jobs é copiado pelo CEO da Xiaomi, a indústria chinesa que promete dores de cabeça aos gigantes. leia abaixo

Afinal, hashtags funcionam para marcas?

As “hashtags”, palavras-chave precedidas pelo símbolo #, viraram moda. Em todos os lugares agora, você se depara com hashtags de marcas: mídia exterior, comerciais de TV, vitrines, embalagens. Não há dúvida de que as hashtags conseguiram sair do mundo digital para o mundo físico. Mas um artigo no WSJ afirma que ainda não está claro se entrou na mente dos consumidores. Se eles querem usar esse treco, ou, até mesmo, se conseguem entendê-los. A forma mais comum do uso de hashtags por marcas é em concursos, mas o Twitter informa que os anunciantes estão usando hashtags para buscar criar “trending topics orgânicos”. Fonte: TheWallStreetJournal

Você já ouviu falar na Xiaomi? A Apple e a Samsung, já

 

Segundo o TechCrunch, é bom prestar atenção na Xiaomi. A empresa, que tem apenas quatro anos de existência, está explodindo na China e parece destinada a dominar o mundo. Um dos segredos do seu acelerado crescimento é exatamente o fato de ser chinesa, pois há uma visão bem mais complacente por lá em relação à apropriação de projetos de outras empresas. O site lembra, aliás, que a indústria de eletroeletrônicos tem um longo histórico de cópias. A Apple confessadamente copiou a interface gráfica do usuário criada pela Xerox. E a Microsoft copiou o sistema operacional da Apple na criação do Windows. Mais recentemente, a Samsung roubou várias características notáveis da Apple, jogando as duas empresas em batalhas judiciais intermináveis. Mas Xiaomi, afirma Matt Burns, autor do artigo, é um animal diferente. Enquanto a Apple e a Microsoft plagiavam em grande parte conceitos, a Xiaomi replica projetos e elementos de design. Os produtos não são exatamente clones, na medida em que não são idênticos em relação a componentes individuais ou mesmo funções, mas a empresa sem dúvida encontra nos produtos dos outros as suas ideias de design. Fonte: TechCrunch

A Amazon coloca 2 bilhões de dólares no caminho das Índias

A Amazon espera capitalizar o seu potencial de crescimento na Índia, pegando carona na grande expansão do acesso à Internet naquele país. Apenas um ano depois de estrear seu site Amazon India, a gigante do varejo virtual já acena com um plano de investimentos da ordem de 2 bilhões de dólares. O anúncio foi feito no dia seguinte ao que seu concorrente Flipkart assegurou que investirá 1 bilhão de dólares no ecommerce indiano.Fonte: TheWallStreetJournal

Restam poucas vagas na nova edição do Curso de Especialização em Marketing Direto. Corra!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: