Lições do Google que você não estava esperando

05/07/2014

Por Andy Sernowitz, para o “Damn, I Wish I’d Thought of That!”,  blog sobre “marketing boca a boca”

O que resta a dizer sobre uma empresa como o Google? Você já ouviu falar sobre seus escritórios incríveis, divertiu-se com seus doodles, e viu suas incríveis inovações tecnológicas. Mas achamos que há alguns lados menos conhecidos do Google com os quais ainda podemos aprender alguma coisa.

Aqui estão três exemplos inspiradores do Google dos quais você provavelmente nunca ouviu falar.

1. Mostre como o que você faz pode fazer a diferença

Quer fazer algo bom para sua comunidade ou mesmo para o mundo? Doar para instituições de caridade e realizar eventos de angariação de fundos são legais. Mas é ainda mais notável quando você mostra uma forma significativa de usar aquilo que você faz. O Google (que tem orçamento para realizar coisas grandes) faz um monte de coisas pequenas e benéficas para o mundo usando a sua tecnologia. Por exemplo, o Google reuniu adolescentes de racialmente divididas escolas árabes e judias para trabalhar conjuntamente em projetos culturais através do Google Hangouts. Eles também usaram o Google Maps para ajudar as vítimas do tufão Yolanda, devastou as Filipinas, a encontrar lugares seguros e localizar os membros da família.

A lição: Muitas empresas dão dinheiro para instituições de caridade. É bom, mas nem sempre é notável. Você pode criar mais boca em boca ao desenvolver maneiras originais de usar seus produtos para ajudar as pessoas necessitadas.

Saiba mais: Google Blog

2. Faça algo surpreendente para um grupo de nicho

O Google está trabalhando com artistas para documentar e arquivar o mundo temporário do graffiti e da street art em seu Google Cultural Institute. Lá, você pode fazer coisas como olhar fotos do movimento de graffiti na Nova York da década de 1990, ou usar o Street View para explorar um prédio de nove andares coberto de arte que já foi demolido. É um uso fascinante dos recursos do Google para apoiar uma comunidade relativamente pequena.

A lição: Por que se concentrar em ajudar um grupo de nicho assim? O Google não precisa de publicidade para atrair mais pessoas a usar as suas coisas. Eles precisam de fãs apaixonados. Ao criar estas galerias, eles estão ganhando defensores e evangelistas na comunidade artística.

Saiba mais: Google Blog

3. Pequenas surpresas alimentam o boca a boca

Você sabia que se você digitar letras famosas de rap em um Google Doc ele vai corrigir a ortografia e transformar as palavras em gíria? Por exemplo, “the” se torna “tha” e “going” se torna “goin”. Essa é apenas uma das centenas de “easter eggs” [N.T.: ovos de páscoa, mensagens e outras brincadeiras que programadores  e autores em geral deixam, intencionalmente, em programas de computador, videogames, filmes, etc.] que o Google deixa para as pessoas encontrarem.

A lição: Todo mundo ouviu falar do Google, e todo mundo sabe o quão grande ele é, então não há muito espaço para novas conversas. Mas são surpresas como essas que fazem as pessoas sorrir e reenergizar o boca a boca para a marca.

Saiba mais: Wikipedia

4. Confira: Vencedoresdo “Doodle 4 Google”

Todo ano, o Google pede que as crianças de classes que vão da educação infantil ao ensino médio participem de um concurso para desenhar o próximo Google Doodle e ganhar uma bolsa de estudos.

Confira: Doodle 4 Google

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: