Compartilhamentos: quanto mais entusiasmo, melhor. A garagem da BMW. E mais

12/05/2014

Estudo: para gerar compartilhamento, o segredo é entusiasmo, não celebridades

O que Bob Dylan, Ellen DeGeneres, Stephen Colbert, os Muppets, U2 e o elenco do seriado dos anos 90 Full House têm em comum? Todos eles estrelaram comerciais do Super Bowl neste ano e nenhum deles chegou perto do topo da lista quando falamos em compartilhamento dos comerciais online. O desempenho morno das celebridades na geração de compartilhamento de anúncios online é uma das principais conclusões de um novo estudo da Unruly Media intitulado “The Science of Sharing 2014”, em grande parte voltada para o desempenho dos anúncios do Super Bowl deste ano. O estudo concluiu que apenas as celebridades não geram o compartilhamento de anúncios online (isso foi verdade por um tempo) e que os anúncios mais compartilhados foram os que evocavam respostas psicológicas intensas. Fonte: Adweek

BMW lança projeto de garagem solar

A estrutura é feita em carbono e bambu, sendo este o material mais utilizado. Com o modelo i3 totalmente elétrico já no mercado e um carro híbrido plug-in prestes a ser lançado, a BMW apresenta também um novo conceito de garagem solar. Além de ser capaz de produzir energia limpa, ela tem o bambu como principal matéria-prima. O conceito da garagem mescla alta tecnologia com um design que lembra os modelos característicos da tradicional montadora alemã. A estrutura é feita em carbono e bambu, sendo este o material mais utilizado. Para elevar a eficiência do sistema, o telhado foi coberto por módulos solares de vidro. Os painéis são translúcidos, muito resistentes e garantem alto rendimento energético.A garagem não só garante a energia limpa, como também funciona para abastecer diretamente as baterias do carro elétrico, que pode ser conectado ao sistema e se tornar independente das redes de transmissão de eletricidade. CicloVivo

Em 2014, a publicidade “cross-device” vai dar as cartas

Como os consumidores alternando frequentemente entre múltiplos dispositivos, os anunciantes estão à procura de publicidade que também funcione em múltiplos canais. De acordo com dados divulgados em fevereiro de 2014 pela Conversant, 59% dos profissionais de marketing de nível sênior dos EUA e decisores de agências citaram a publicidade “cross-device” como um canal digital que planejam usar este ano. Mas, para integrá-la no composto de comunicação, os profissionais precisam saber com o que estão lidando e sondagens mais recentes conduzidas pela Bovitz para a Conversant encontrou entrevistados buscando melhorar os seus conhecimentos sobre o tema. A publicidade “cross-device” está no topo do que os profissionais de publicidade querem saber mais em 2014, citado por sete em cada 10 profissionais de agências norte-americanas na pesquisa. A publicidade em mídias sociais ficou abaixo na relação do que os entrevistados estavam interessados em aprender (41%), possivelmente devido ao fato de que eles tiveram vários anos para investigar o assunto. Fonte: eMarketer

A festa de entrega do Prêmio Abemd começa às 18h30 no HSBC Brasil. Já reservou seu lugar? Envie email parpremio@abemd.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: