A semana que passou: Comcast compra Time Warner, lucro recorde no BB, e mais

16/02/2014

Homem sai de uma agência do Banco do Brasil em Brasília

Recorde do Itaú durou apenas 10 dias, o BB tem o maior da história dos bancos no Brasil. Leia abaixo

A Comcast anunciou nesta quinta-feira (13/2) que pretende comprar a Time Warner Cable (TWC) por US$ 45 bilhões (o equivalente a R$ 109 bilhões). Se a união for aprovada por reguladores, duas das maiores operadoras de TV a cabo dos EUA passarão a controlar mais de um terço do mercado. Antes do anúncio do acordo com a Comcast, a TWC havia rejeitado uma oferta de US$ 60 bilhões de uma empresa menor, a Charter Communications, que há oito meses tentava negociar a compra.

No Brasil, os negócios (apesar das manchetes dos jornais e revistas) vão bem, obrigado. O Banco do Brasil anunciou o maior lucro da história dos bancos do país, tirando o título que pertenceu ao Itaú por 10 dias. Foram 15,8 bilhões de reais, um aumento de 29,1% em relação ao ano de 2012. Este aumento se deve, em parte, ao aumento da carteira de crédito, que cresceu 19,3%.

Quem obteve um lucro animador também foi a Whirlpool do Brasil, dona das marcas Brastemp e Consul. No quarto trimestre de 2013, foi 48% maior do que no mesmo período de 2012. A empresa está navegando na euforia e anunciou que lançará 50 produtos de uma só vez no Brasil, apenas no primeiro trimestre deste ano. Até o final do ano serão 180 novidades.

Na direção contrária, segue a Walmart. O plano de reestruturação do varejista no Brasil pode resultar na demissão de 1,5 mil pessoas e o fechamento de mais 25 lojas até o final do ano. As informações são do site Relatório Reservado.

No campo das mídias sociais, a principal novidade veio da Klout, a ferramenta de análise de influência, que adicionou criação de conteúdo e permite que, segundo o comunicado distribuído à imprensa, os posts sejam publicados “quando as pessoas estão de fato escutando”.

O Facebook também tem novidades: a rede anunciou “uma nova opção de customização de gênero que ajuda o usuário a expressar melhor sua própria identidade no Facebook”. Essa nova opção oferece “uma longa lista de identidades de gênero que muitas pessoas usam para se descrever a si mesmas”. Ela está disponível apenas para usuários que utilizam como língua a variante americana do inglês. Saiba mais aqui.

Fontes: Observatório da Imprensa, Exame, Social Media Examiner, Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: