Ingresso de futebol sobe 300% em 10 anos – quanto caiu a qualidade? E mais

12/04/2013

Futebol: preço dos ingressos subiu 300% nos últimos 10 anos

E você ainda se pergunta por que os estádios estão vazios? O novo relatório publicado pela Pluri Consultoria é um verdadeiro chute na canela de quem se preocupa com o futuro do futebol brasileiro. Pois o preço é um dos fatores mais relevantes para o afastamento do torcedor dos estádios e, sem o torcedor, que futuro pode ter o esporte? O relatório analisou o preço dos ingressos mais baratos. Continue lendo em A Zona de Desconforto

“Cachaça” vira marca brasileira nos EUA

O Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac) confirmou que começa a valer nesta quinta-feira 11 nos Estados Unidos o uso do termo “cachaça” como referência exclusiva à bebida com origem brasileira e seguindo padrões estabelecidos pela entidade. Até então, muitos americanos conheciam mais a caipirinha que a própria cachaça, chamada por eles de “Brazilian rum”. A negociação do Ibrac com o Alcohol and Tobacco Tax and Trade Bureau (TTB), entretanto, não foi fácil, vinha se arrastando por uma década e envolveu representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e Ministério das Relações Exteriores (MRE), além do Sebrae de Pernambuco, que custeou parte da contratação de advogados para acompanhar a questão nos EUA, a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos (CEBEU), Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Brazil Industries Coalition (BIC), Câmara de Comércio Americana (AMCHAM) e Distilled Spirits Council of the United States, além de entidades brasileiras ligadas à produção de bebida. Meio & Mensagem

Axis demonstrará novas tecnologias de monitoramento em feira internacional de segurança

De 16 a 18 de abril, no Expo Center Norte – Pavilhão Vermelho – São Paulo, será realizada a  ISC Brasil 2013, Feira e Conferência Internacional de Segurança. Um dos destaques do evento será a presença da Axis Communications, líder de mercado em vídeo em rede e criadora da câmera IP. Em um espaço de 300m², a empresa montou três ambientes distintos que reproduzirão na prática como a tecnologia pode ser aliada no monitoramento – seja ele para fins de segurança ou gestão. O lobby de um aeroporto, um caixa eletrônico e um espaço com situações de luz extremas serão fielmente montados no local para exibir suas avançadas câmeras inteligentes que chegam agora ao Brasil. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Carregador solar gera energia ao entrar em contato com o vidro

<p>Flexível, o carregador converte a luz em eletricidade por meio de uma ventosa, que adere facilmente a portas e janelas translúcidas. | Foto: <a href='http://www.quirky.com/products/137-Ray-Solar-Charger' target='_blank'>Divulgação</a></p>

O novo carregador converte a luz em eletricidade por meio de uma ventosa, que adere facilmente a portas e janelas translúcidas

Um carregador solar portátil ganhou destaque em um dos maiores sites internacionais de venda de inovações tecnológicas: batizado de Ray, o dispositivo possui uma ventosa que absorve as células solares encontradas nos vidros das janelas. A tecnologia pode ser aplicada em casa, no carro e até dentro dos aviões.

O carregador movido a energia solar não é uma invenção tão recente assim, mas o diferencial do dispositivo, criado por uma empresa independente, é conseguir transformar em eletricidade os raios de sol que incidem diretamente sobre qualquer tipo de vidro.

Flexível, o carregador converte a luz em eletricidade por meio de uma ventosa, que adere facilmente a portas e janelas translúcidas. Além disso, o Ray também vem com um suporte de apoio, que permite o direcionamento do aparelho para a parte do vidro em que os raios solares batem com mais intensidade naquele momento.

A energia é enviada para o gadget por meio de um cabo USB, que encaixa no suporte do carregador. Sendo assim, o dispositivo pode ser utilizado não só por celulares, mas também por tablets, notebooks e tocadores de mp3.

Nos últimos tempos, com o aumento das pesquisas em tecnologia verde e sustentabilidade, foram criados muitos carregadores que utilizam energias renováveis, porém nem todos os que se apropriam de energia solar têm sistemas aprimorados e podem ser usados de maneira versátil, diferentemente do Ray.

O site Quirky já comercializa o carregador sustentável, que pode ser adquirido por R$ 80 cada unidade. No entanto, um acordo estabelecido entre o site de vendas e o fabricante do Ray afirma que o dispositivo só entrará em produção depois que forem registradas duas mil encomendas na internet. Com informações doGreensavers.

Reproduzido do site Ciclo Vivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: