O Twitter pode prever o futuro? Facebook e a “busca social”. E mais

16/01/2013

O Twitter pode prever o futuro? Segundo o Pentágono, talvez

Twitter-World-357x200O “talvez” do título pode não ser muito emocionante, mas já é um avanço. Pelo menos, não se trata de um peremptório “não!”.  O fato é que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos está buscando novas ferramentas computacionais para analisar as montanhas de textos não estruturados disponíveis, inclusive blogs e tweets, em um esforço coordenado para ajudar os analistas militares a prever o futuro e a tomar decisões mais rapidamente. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Facebook lança a “Busca Social”, mas valor das ações cai quase 3%

mark-zuckerberg-diretor-executivo-do-facebook-apresenta-recurso-de-mecanismo-de-busca-da-rede-social-em-menlo-park-sede-da-empresa-1358274506918_300x300O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou ontem (15) a novidade que todos esperavam. Trata-se de uma ferramenta de pesquisa para a maior rede social do mundo. No Brasil, ela foi intitulada de “Busca Social”, e irá fornecer resultados baseados em buscas inteligentes. Por exemplo, se você digitar “Músicas que meus amigos curtem”, ou “Pessoas que curtem ciclismo” ou ainda “Pessoas que curtem ciclismo em São Paulo”, a busca fornecerá tais resultados. Pode ser uma maneira de Zuckerberg rivalizar com o Google, líder em buscas na Internet, que vem melhorando sua rede social oficial, o Google+. Leia mais no Adnews (sobre a queda das ações, leia no Estadão)

Mulheres aposentadas são mais pobres que os homens, apontam pesquisas

75% dos idosos que vivem na pobreza são mulheres. Dados preocupantes como estes estão no livro A hora é essa!, lançado no Brasil pela editora Elsevier, da escritora e especialista em finanças pessoais Kim Kiyosaki. Os estudos em que se baseou mostram que mulheres têm duas vezes mais probabilidade de viver seus anos de aposentadoria na pobreza. O mais surpreendente é que a maioria dessas mulheres, agora na pobreza, não eram pobres quando seus maridos eram vivos ou quando eram casadas. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Netpoints firma parceria com a Azul Linhas Aéreas

A Netpoints, um dos maiores programas de fidelidade do país, acaba de ampliar o seu rol de parceiros no setor de aviação ao firmar parceria com a Azul Linhas Aéreas. Agora, membros do programa poderão trocar pontos por vouchers de desconto na compra de passagens com a companhia aérea. Para obter os descontos, nos valores de R$ 50, R$ 100 e R$ 200, os associados da Netpoints devem se cadastrar no programa de vantagens da Azul, o Tudo Azul. Os pontos acumulados na Netpoints não expiram nunca, mas os vouchers têm validade de um ano. Portal Fator

Assim caminhou a humanidade: jornalista refaz a jornada do homem para fora do Éden

O jornalista Paul Salopek, 50, deixou uma pequena aldeia da Etiópia a pé, em 10 janeiro, planejando refazer os passos que levaram os humanos da África até a Terra do Fogo, no extremo sul do Chile. Em sua jornada, ele vai cruzar 30 fronteiras e entrar em contato com dezenas de idiomas e grupos étnicos, em sete anos. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Ibope lança métrica para campanhas online

Mensurar a audiência on-line é uma das grandes preocupações – e desafios – dos anunciantes. Pensando nisso, o Ibope lança nos próximos meses um sistema de medição de audiência da publicidade na web que poderá ser comparável com a da televisão. Segundo a empresa, o sistema conhecido como OCR (Online Campaign Ratings) permite o acompanhamento “preciso” de uma campanha online. Ele foi desenvolvido pela Nielsen nos EUA e será oferecido no país em uma parceria das duas empresas. Adnews

Tecnologia de rastreamento ajuda a preservar a floresta amazônica

A Gemalto anunciou hoje que a divisão M2M Cinterion está fornecendo conectividade sem fio para a Invisible Tracck, um dispositivo usado em um programa piloto para impedir o desmatamento ilegal na Floresta Amazônica no Brasil. O aparelho usa a tecnologia M2M Cinterion da Gemalto em conjunto com as redes de telefonia celular locais para enviar atualizações de localização dos sensores em árvores para um servidor central, permitindo que os funcionários monitorem remotamente árvores retiradas de áreas protegidas. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: